Bahia

Justiça condena quadrilha que atuava em Ilhéus a mando de líder preso em Salvador

De dentro de penitenciária, "Alan Batom" dava ordens sobre o transporte da droga e mandava atacar integrantes de uma facção rival

[Justiça condena quadrilha que atuava em Ilhéus a mando de líder preso em Salvador]
Foto : Carol Garcia/GOVBA

Por Juliana Almirante no dia 17 de Julho de 2019 ⋅ 10:20

A Justiça condenou 21 pessoas que atuavam no crime de tráfico de drogas na cidade de Ilhéus, sul da Bahia, a comando do líder José Alan Conceição Costa Lima, conhecido como “Alan Batom”, preso na  Penitenciária Lemos de Brito, em Salvador.

A condenação foi divulgada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) ontem (16), mas a decisão foi do último dia 10. 

Segundo a denúncia oferecida pelo MP-BA, entre janeiro e setembro do ano passado, o grupo praticou também os crimes de posse e porte ilegal de armas e homicídios, com cooptação de menores de idade.

De dentro da penitenciária, Alan Batom dava ordens sobre o transporte da droga e mandava atacar integrantes de uma facção rival. Ele foi condenado a 13 anos e nove meses de prisão em regime fechado. 

Os integrantes da organização criminosa foram condenados a até 10 anos e três meses de prisão. 

Notícias relacionadas

[Metrópole reprisa entrevista especial com MK ]
Bahia

Metrópole reprisa entrevista especial com MK 

Por Metro1 no dia 13 de Dezembro de 2019 ⋅ 10:27 em Bahia

As duas horas de programa serão exibidas ainda no canal do youtube.com/portalmetro1. A condução da entrevista ficou a cargo de James Martins