Bahia

Seca: governo reconhece situação de emergência em duas cidades baianas

Poções e Boa Vista do Tupim são atingidas pelos efeitos da estiagem

[Seca: governo reconhece situação de emergência em duas cidades baianas]
Foto : Divulgação/ Sabesp

Por Juliana Almirante no dia 19 de Agosto de 2019 ⋅ 10:00

O governo da Bahia reconheceu a situação de emergência por conta da falta de chuvas nas cidades baianas de Poções, localizada no sudoeste da Bahia, e Boa Vista do Tupim, na região centro norte do estado. Os decretos duram 180 dias.

Em Poções, foram considerados os danos decorrentes da estiagem que afeta as atividades econômicas do município. 

Já em Boa Vista do Tupim, foram considerados os danos decorrentes da seca que, além de afetar as atividades econômicas, também atinge a população da cidade.

Tanto a "seca" quanto a "estiagem" correspondem à escassez e má distribuição das precipitações pluviométricas durante as estações chuvosas. Existe apenas uma diferença entre os termos: a "seca" é considerada uma 'estiagem" prolongada, que provoca uma série de prejuízos à população. 

Notícias relacionadas

[Catu: Câmara Municipal seleciona estagiários]
Bahia

Catu: Câmara Municipal seleciona estagiários

Por Metro1 no dia 18 de Setembro de 2019 ⋅ 16:39 em Bahia

“Com o estágio buscamos assegurar uma fonte de renda para garantir a permanência dos jovens nos estudos”, destacou o presidente da Câmara, Marcelo Calasans