Bahia

Ações contra incêndios florestais na Bahia recebem R$ 6,7 milhões em investimentos

Segundo o governo do Estado, recursos serão usados para contratação de aeronaves para combate aos incêndios, capacitação de brigadas voluntárias e aquisição de equipamentos

[Ações contra incêndios florestais na Bahia recebem R$ 6,7 milhões em investimentos]
Foto : Mateus Pereira / GOVBA

Por Metro1 no dia 09 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40

Após especialistas da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) alertarem para maior incidência de incêndios em áreas florestais da Bahia nos próximos meses, entre setembro e dezembro, o Governo do Estado anunciou a intensificação das ações do Programa Bahia Sem Fogo.

A previsão é que sejam investidos cerca de R$ 6,7 milhões para contratação de aeronaves para combate aos incêndios, capacitação de brigadas voluntárias, aquisição de Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva (EPI/EPC), compra de fardamento para os brigadistas e apoio logístico no combate aos incêndios florestais.

As regiões que mais apresentam registros de incêndios no período de estiagem são o oeste e a Chapada Diamantina. No oeste, a maior incidência de fogo ocorre de maio a outubro, principalmente nos meses de agosto, setembro e outubro, nos municípios de Formosa do Rio Preto, Correntina, São Desidério, Pilão Arcado e Cocos. Já na Chapada Diamantina, é de setembro a dezembro, principalmente em outubro e novembro.

Segundo a Sema e o Inema, o alerta se deve ao caráter cíclico do fogo, uma espécie de padrão de picos de focos de queimadas intercalados entre dois a cinco anos. Nesse período, há um acúmulo de biomassa combustível, formada principalmente de serapilheira e galhos secos. Além das razões naturais, há também as ações humanas que, na Bahia, são as principais fontes de ignição de fogo.

Casos de incêndio devem ser informados ao Corpo de Bombeiros pelo telefone 193. Denúncias de queimadas ilegais e outros crimes ambientais também podem ser feitas pelo telefone 0800 071 1400 ou pelo e-mail [email protected], diretamente nos balcões do Inema, na sede ou nas Unidades Regionais do órgão.

Notícias relacionadas

[Catu: Câmara Municipal seleciona estagiários]
Bahia

Catu: Câmara Municipal seleciona estagiários

Por Metro1 no dia 18 de Setembro de 2019 ⋅ 16:39 em Bahia

“Com o estágio buscamos assegurar uma fonte de renda para garantir a permanência dos jovens nos estudos”, destacou o presidente da Câmara, Marcelo Calasans