Bahia

Marinha confirma manchas de óleo em Jauá e Abrantes

De acordo com o Comando do 2º Distrito Naval, estes foram os pontos mais sul já registrados até então

[Marinha confirma manchas de óleo em Jauá e Abrantes]
Foto : Divulgação/ Marinha

Por Juliana Almirante no dia 11 de Outubro de 2019 ⋅ 12:20

A Marinha confirmou, na manhã de hoje (11), a localização de resíduos oleosos nas praias de Jauá e Abrantes. De acordo com o Comando do 2º Distrito Naval, estes foram os pontos mais sul já registrados até então.

Segundo a Marinha, amostras do material foram recolhidas para análise no Instituto de Estudos do Mar “Almirante Paulo Moreira” (IEAPM), localizado em Arraial do Cabo (RJ).

Todas as ações são coordenadas com o Ibama, Polícia Federal, Força Aérea Brasileira, Petrobras, além de instituições estaduais e municipais. São empenhados 1.583 militares, cinco navios, uma aeronave, além de embarcações e viaturas.

A origem do óleo ainda é investigada. Após uma triagem das informações do tráfego mercante, a Marinha notifica 30 navios-tanque de 10 diferentes países a prestarem esclarecimentos.

Recomendações

Também na manhã de hoje foram localizadas manchas nas praias de Piatã, do Flamengo e Jardim dos Namorados, em Salvador.  A prefeitura da capital baiana divulgou uma lista de recomendações para banhistas que estejam nas regiões atingidas. Confira:

1) Evite ir à praia, nadar ou praticar esportes aquáticos nas regiões afetadas; 

2) Se encontrar algum animal ferido ou em contato com óleo, ligue para Polícia Ambiental (190) ou Guarda Civil Municipal (3202-5312); 

3) Agentes de limpeza da prefeitura estão de plantão 24h em todas as praias de Salvador. Use o Disque 156 para acionar o serviço

4) Em caso de reação alérgica ao toque ou ingestão do óleo, procure uma unidade básica de saúde.

Notícias relacionadas