Brasil

Samarco descumpre prazo e pela segunda vez não entrega plano de emergência

A mineradora Samarco, pertencente a Vale e BHP Billiton, descumpriu mais uma vez o prazo para a entrega do plano de emergência em caso de rompimento das barragens de rejeitos de minério em Mariana, em Minas Gerais. [Leia mais...]

[Samarco descumpre prazo e pela segunda vez não entrega plano de emergência]
Foto : Reprodução/Corpo de Bombeiros

Por Gabriel Nascimento no dia 12 de Janeiro de 2016 ⋅ 06:46

A mineradora Samarco, pertencente a Vale e BHP Billiton, descumpriu mais uma vez o prazo para a entrega do plano de emergência em caso de rompimento das barragens de rejeitos de minério em Mariana, em Minas Gerais. É a segunda vez em menos de dois meses. O prazo venceu na última segunda-feira (11).

A primeira data era em 3 de dezembro. No dia 16 do mesmo mês, a Justiça estipulou uma nova data. Segundo a mineradora, o relatório elaborado por uma consultoria ainda não havia sido entregue na noite da última segunda-feira (11). O promotor de Meio Ambiente Mauro Ellovitch classificou como grave o descumprimento do primeiro prazo, já que o plano é essencial para projetar o que aconteceria caso houvesse o rompimento nas estruturas. Ele não descartou a possibilidade de um novo acidente. "O risco das barragens existe, é um risco concreto, e o estado precisa desse estudo pra poder se planejar", afirmou.

A Samarco afirmou que está fazendo obras de reforços nas duas barragens e que essas intervenções devem ser concluídas até 15 de janeiro em Germano e até a 2ª quinzena de fevereiro em Santarém.

 

Notícias relacionadas

[PGR repudia assassinatos de militantes do MST]
Brasil

PGR repudia assassinatos de militantes do MST

Por Marina Hortélio no dia 10 de Dezembro de 2018 ⋅ 14:20 em Brasil

A Procuradoria aponta que existe um 'contexto sombrio de violência contra os movimentos sociais' no país

[Protestos de caminhoneiros são registrados no Rio e em SP]
Brasil

Protestos de caminhoneiros são registrados no Rio e em SP

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Dezembro de 2018 ⋅ 10:20 em Brasil

Manifestações acontecem após recente decisão do ministro do STF Luiz Fux, que suspendeu a aplicação de multas para quem descumprir a tabela de preço mínimo de fretes

[Intervenção federal em Roraima começa hoje]
Brasil

Intervenção federal em Roraima começa hoje

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Dezembro de 2018 ⋅ 07:40 em Brasil

Decreto que autoriza a medida foi publicado no Diário Oficial da União; governador eleito Antonio Denarium (PSL) será o interventor