Brasil

Homem confessa assassinato de menino indígena: “Sob influência de espíritos”

Matheus de Ávila Silveira, 23, confessou durante depoimento à polícia nesta quinta-feira (14) que matou o menino Kaingang Vitor Pinto, de dois anos, na cidade Imbituba, em Santa Catarina. [Leia mais...]

[Homem confessa assassinato de menino indígena: “Sob influência de espíritos”]
Foto : Polícia/Divulgação

Por Bárbara Silveira no dia 14 de Janeiro de 2016 ⋅ 14:28

Matheus de Ávila Silveira, 23, confessou durante depoimento à polícia nesta quinta-feira (14) que matou o menino Kaingang Vitor Pinto, de dois anos, na cidade Imbituba, em Santa Catarina.

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Imbituba, Raphael Giordani, o depoimento foi acompanhado por dois advogados e o homem tentou justificar ter esfaqueado o menino afirmando que estava “sob  influências de espíritos", disse o delegado ao Uol.

Segundo Raphael, "essas entidades" teriam prometido a ele que, se matasse uma criança, o jovem poderia "alcançar seus anseios profissionais e se impor perante a sociedade". O delegado descartou ainda o crime de xenofobia.

Notícias relacionadas