Brasil

Taxa de desemprego sobe para 9% no trimestre encerrado em outubro

A taxa de desocupação registrada no Brasil subiu para 9% no trimestre encerrado em outubro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados constam na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua. [Leia mais...]

[Taxa de desemprego sobe para 9% no trimestre encerrado em outubro]
Foto : Reprodução / Agência Brasil

Por Camila Tíssia no dia 15 de Janeiro de 2016 ⋅ 13:16

A taxa de desocupação registrada no Brasil subiu para 9% no trimestre encerrado em outubro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados constam na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua.

No trimestre anterior, maio-junho-julho, a taxa de desocupação ficou em 8,6%, com um crescimento de 0,6 ponto percentual na comparação com os três meses anteiores. Em 2014, a taxa de desocupação fechou o trimestre agosto-setembro-outubro em 6,6%, de acordo com publicação da Agência Brasil.

O rendimento real habitual em relação a maio-junho-julho teve variação de -0,7%. Já na comparação com agosto-setembro-outubro de 2014, houve queda de 1%. O rendimento real habitual do trimestre encerrado em outubro foi de R$ 1.895 em valores absolutos. No trimestre imediatamente anterior, o valor era de R$ 1.907, e, no mesmo período do ano passado, de R$ 1.914.

Notícias relacionadas

[Ex-secretário da Casa Civil do RJ é preso pela PF]
Brasil

Ex-secretário da Casa Civil do RJ é preso pela PF

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Fevereiro de 2019 ⋅ 10:00 em Brasil

Régis Fichtner é acusado de receber propinas no valor de R$ 1,5 milhão enquanto chefiava a pasta, no governo de Sérgio Cabral

[Bolsonaro não abre agenda para Bebianno]
Brasil

Bolsonaro não abre agenda para Bebianno

Por Kamille Martinho no dia 15 de Fevereiro de 2019 ⋅ 08:40 em Brasil

O ministro tentava articular a sua permanência no governo e para isso esperava ser recebido por Bolsonaro, o que não aconteceu