Brasil

Primeira morte por doença causada pela chikungunya é confirmada em Recife

O primeiro caso brasileiro de miosite aguda causado pelo vírus chikungunya, foi confirmado pelo hospital da Restauração em Recife. A vítima foi a jovem Daniele Santana, de 17 anos, da aldeia indígena pernambucana de Xucururu, morta em decorrência da doença. [Leia mais...]

[Primeira morte por doença causada pela chikungunya é confirmada em Recife]
Foto : Reprodução/Hospital da Restauração

Por Gabriel Nascimento no dia 30 de Janeiro de 2016 ⋅ 17:38

O primeiro caso brasileiro de miosite aguda causado pelo vírus chikungunya, foi confirmado pelo hospital da Restauração em Recife. A vítima foi a jovem Daniele Santana, de 17 anos, da aldeia indígena pernambucana de Xucururu, morta em decorrência da doença.

Com sintomas que poderiam ser de dengue, chikungunya ou zika, Danielle buscou primeiro o hospital do município de Pesqueira, próximo da aldeia onde mora. Com a evolução do quadro, ela foi transferida para um hospital de Caruaru, no interior de Pernambuco. Na sequência, quando chegou ao Hospital da Restauração, referência em neurologia, já estava em estado grave e passou oito dias internada na unidade de terapia intensiva (UTI).

De acordo com a equipe médica do hospital, só existe o registro de mais quatro casos de miosite ligada à chikungunya em todo o mundo, sendo que dois dos pacientes morreram. A febre chikungunya é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo vetor do Zika e da dengue. A miosite é uma inflamação nos músculos que causa fraqueza muscular. A condição pode causar dificuldade para subir escadas, andar, levantar os braços e provocar quedas com frequência.

Notícias relacionadas

[Decano da Lava Jato se aposenta do MPF]
Brasil

Decano da Lava Jato se aposenta do MPF

Por Kamille Martinho no dia 18 de Março de 2019 ⋅ 20:00 em Brasil

Carlos Fernando dos Santos Lima pretende atuar para o setor privado dando cursos e consultorias na área de compliance

[Número 2 do MEC defende educação baseada em Deus]
Brasil

Número 2 do MEC defende educação baseada em Deus

Por Aline Reis no dia 17 de Março de 2019 ⋅ 08:30 em Brasil

A pastora evangélica Iolene Lima, indicada pelo ministro Ricardo Vélez para assumir o posto de número 2 no MEC, contou em 2014 como é a Educação na escola em que era dire...