Brasil

Médico alemão diz que Zika não ameaça Olimpíada no Brasil

O vírus da Zika no Brasil ainda precisa ser monitorado, mas não representa uma ameaça à Olimpiada de 2016. É o que diz o médico responsável por cuidar da delegação da Alemanha. [Leia mais...]

[Médico alemão diz que Zika não ameaça Olimpíada no Brasil ]
Foto : Agência Brasil

Por Gabriel Nascimento no dia 10 de Fevereiro de 2016 ⋅ 12:22

O vírus da Zika no Brasil ainda precisa ser monitorado, mas não representa uma ameaça à Olimpiada de 2016. É o que diz o médico responsável por cuidar da delegação da Alemanha. Bernd Wolfarth, da Confederação Alemã de Esportes Olímpicos, diz, no entanto, que cada atleta deve decidir se quer ou não viajar ao Rio de Janeiro. "Independentemente de atletas decidirem livremente se querem competir ou não, é preciso acompanhar o desenrolar [da epidemia] com cuidado", declarou.

Transmissível pelo mosquito Aedes aegypti, o vírus Zika se espalhou pelo país e tem forte ligação com problemas congênitos, além de preocupar atletas e outros integrantes de delegações que devem ir aos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro de 5 a 21 de agosto.

Na última terça-feira (9), o Quênia causou furor quando o chefe do seu comitê olímpico disse que a delegação pode boicotar os jogos em razão da zika, mas autoridades afirmaram mais tarde que ainda era cedo demais para decidir.

 

Notícias relacionadas