Brasil

Siamesas de Itamaraju separadas em Goiás permanecem em UTI

As gêmeas siamesas separadas no início do mês de janeiro permanecem internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiás, onde realizaram a cirurgia de separação. [Leia mais...]

[Siamesas de Itamaraju separadas em Goiás permanecem em UTI]
Foto : Reprodução/TV Anhanguera

Por Gabriel Nascimento no dia 10 de Fevereiro de 2016 ⋅ 18:19

As gêmeas siamesas separadas no início do mês de janeiro permanecem internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiás, onde realizaram a cirurgia de separação. De acordo com o boletim médico divulgado pela unidade de saúde nesta quarta-feira (10), o estado de saúde de Júlia Neves segue gravíssimo, enquanto o de Fernanda é regular.

Fernanda passou a respirar normalmente no início deste mês, já a irmã ainda precisa do auxílio de aparelhos. Apesar da melhora de uma das bebês, ambas não têm previsão de alta.  As irmãs nasceram em Itamaraju, a 745 quilômetros de Salvador e eram unidas pelo tórax e abdômen, além de compartilharem o fígado e uma membrana do coração. No mês de agosto do último ano, seus pais decidiram levá-las para Goiás, onde a operação foi realizada no dia 13 de janeiro.

Notícias relacionadas