Sábado, 02 de julho de 2022

Brasil

Unicef critica aprovação do homeschooling: crianças não são "objetos de propriedade dos pais"

Entidade diz estar preocupada com a aprovação do projeto

Unicef critica aprovação do homeschooling: crianças não são "objetos de propriedade dos pais"

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 20 de maio de 2022 às 14:00

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgou nesta sexta (20) uma nota em que critica a aprovação pela Câmara do projeto de lei que regulamenta a educação domiciliar no Brasil. 

"Autorizar a educação domiciliar significa privar crianças e adolescentes do seu pleno direito de aprender. Família e escola têm deveres diferentes e complementares na vida de meninas e meninos. A família é o lugar do cuidado e de aprendizagens não curriculares, dentro de um ambiente privado. A escola é o lugar da aprendizagem curricular e é o principal espaço público em que o estudante interage com outras pessoas, socializa e aprende", diz trecho da nota.

A entidade afirma ainda que "crianças e adolescentes são sujeitos de direito – e não objetos de propriedade dos pais" e que se preocupa com a aprovação do projeto que desobriga a presença da criança na escola se os pais e responsáveis optarem pelo modelo de educação domiciliar.

Unicef critica aprovação do homeschooling: crianças não são "objetos de propriedade dos pais" - Metro 1