Brasil

“Não saberemos jamais tudo que a inquisição praticou”, diz escritora

A professora e escritora Anita Novinsky falou na tarde desta sexta-feira (12), em entrevista à Rádio Metrópole, sobre seu livro mais recente “Os judeus que construíram o Brasil”. [Leia mais...]

[“Não saberemos jamais tudo que a inquisição praticou”, diz escritora]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 12 de Fevereiro de 2016 ⋅ 13:10

A professora e escritora Anita Novinsky falou na tarde desta sexta-feira (12), em entrevista à Rádio Metrópole, sobre seu livro mais recente “Os judeus que construíram o Brasil”. Segundo ela, foi com a abertura dos arquivos portugueses que houve uma atitude extremamente surpresa de encontrar uma história do Brasil que não foi escrita durante 500 anos. “Os grandes historiadores nem mencionam, uma história completamente desconhecida, inédita, e que os historiadores não conheciam, então é uma história que não foi escrita, que revela uma quantidade de fatos na história do Brasil que tem que ser considerados”, afirmou sobre as fontes de consulta que utilizou para escrever o livro. 

“Esses documentos estavam no arquivo nacional, em Portugal, mas nem sempre estiveram nesses arquivos, houve um tempo que estava nos arquivos da Biblioteca Nacional, depois foi transferido, e nessa transferência em caminhões abertos, milhares de documentos perderam, porque chovia, molharam, caiu pelo chão, não se dava importância, e quando chegaram realmente aos arquivos, essa documentação estava toda ela deteriorada, uma grande parte ilegível, e é assim que a encontramos hoje”, destacou a escritora. 


“Não saberemos jamais tudo que a inquisição praticou, jamais conheceremos todos os atos da inquisição, assim como todos os que morreram que foram torturados, nada disso jamais será conhecido porque perdeu-se. Houve terremotos, deterioração por causa de enchentes, o resto os bichos e o tempo fizeram, o que ficou é o que sabemos e o que podemos consultar, mas não quer dizer que é todo o material que a inquisição produziu”, completou. 

Notícias relacionadas

[Inep divulga espelhos da redação Enem 2018]
Brasil

Inep divulga espelhos da redação Enem 2018

Por Kamille Martinho no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 17:00 em Brasil

Os participantes poderão visualizar as justificativas da nota atribuída pelos corretores em cada uma das cinco competências avaliadas

[Decano da Lava Jato se aposenta do MPF]
Brasil

Decano da Lava Jato se aposenta do MPF

Por Kamille Martinho no dia 18 de Março de 2019 ⋅ 20:00 em Brasil

Carlos Fernando dos Santos Lima pretende atuar para o setor privado dando cursos e consultorias na área de compliance