Brasil

Livro conta bastidores da vida de Dom Pedro I: “Não tinha papas na língua”

A história de vida deDom Pedro I é contada no livro lançado pelo escritor e historiador Paulo Rezzutti na obra “D.Pedro - A História Não Contada - o Homem Revelado Por Cartas e Documentos Inéditos”. Em entrevista à Rádio Metrópole nesta quinta-feira (18), Rezzutti contou que o livro narra os bastidores da vida de Dom Pedro. [Leia mais...]

[ Livro conta bastidores da vida de Dom Pedro I: “Não tinha papas na língua”]
Foto : Divulgação

Por Bárbara Silveira no dia 18 de Fevereiro de 2016 ⋅ 08:40

A história de vida de  Dom Pedro I é contada no livro lançado pelo escritor e historiador Paulo Rezzutti em “D.Pedro - A História Não Contada - o Homem Revelado Por Cartas e Documentos Inéditos”. Em entrevista à Rádio Metrópole nesta quinta-feira (18), Rezzutti contou que a obra narra os bastidores da vida de Dom Pedro. “Na verdade, todo mundo tem características marcantes. Ele fazia tudo escancarado, ao contrario do Dom Pedro II. Dom Pedro I não tinha papas na língua, não sabia ser falos, é uma figura interessante. Tive acesso aos documentos de sede Portugal, no Rio e Em São Paulo, e as cartas que tem no arquivo nacional do Rio de Janeiro e no arquivo do museu imperial de Petrópolis”, conta.

Com uma vida conturbada, o autor conta a trajetória do primeiro imperador do Brasil até o trono. “Ele luta com ele mesmo porque tem que ficar longe dos filhos. Tem a questão desde criança quem vai herdar o trono. Alguém preocupado em não deixar o trono vago. Na verdade, Dom Miguel se voltou contra Pedro I depois da morte de Dom João VI. O Dom João nunca eliminou Miguel da disputa, quando ele morreu, o rei seria o Pedro IV em Portugal, e Pedro I aqui. Mesmo na Europa, Pedro I se considerava mais brasileiro que português. O livro foi lançado no último semestre e está na terceira reimpressão”, afirma.

Notícias relacionadas

[Defesa de Temer entra com pedido de habeas corpus]
Brasil

Defesa de Temer entra com pedido de habeas corpus

Por Kamille Martinho no dia 21 de Março de 2019 ⋅ 17:54 em Brasil

Defesa também pediu ao juiz Marcelo Bretas para que o ex-presidente seja mantido em uma sala da Superintendência da Polícia Federal