Brasil

Menos de 4 meses após desastre, Samarco pede para voltar a operar em Mariana

Menos de quatro meses após o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, município de Minas Gerais, a empresa, que pertence a Vale e BHP Billiton se prepara para voltar a operar na região. [Leia mais...]

[Menos de 4 meses após desastre, Samarco pede para voltar a operar em Mariana]
Foto : Rogério Alves/Fotos Públicas

Por Gabriel Nascimento no dia 27 de Fevereiro de 2016 ⋅ 19:02

Menos de quatro meses após o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, município de Minas Gerais, a empresa, que pertence a Vale e BHP Billiton se prepara para voltar a operar na região. A mineradora entrou com um pedido na Secretaria de Estado de Meio Ambiente para usar duas cavas - buracos que se formam depois que determinado ponto da mina se exaure - como depósito de rejeitos. As informações são do jornal Estado de S. Paulo.

De acordo com o responsável pela área de licenciamento da pasta, Geraldo Abreu, a solicitação é o primeiro passo para o reinício das atividades na região. "O segundo seria um pedido para suspensão do embargo feito pelo Estado depois da queda da barragem", afirmou. Não há prazo para a resposta, no entanto os procedimentos requeridos podem levar um ano para serem finalizados. 

Notícias relacionadas