Brasil

Bandeira na conta de luz fica amarela e cobrança extra cai para R$ 1,50

A partir desta terça-feira (1º), a bandeira tarifária que aplica uma cobrança extra nas contas de energia, sai da cor vermelha, que indica que o custo da produção de energia no país está alto, para a amarela que representa condições menos favoráveis, em todo o país. [Leia mais...]

[Bandeira na conta de luz fica amarela e cobrança extra cai para R$ 1,50]
Foto : Reprodução/CampinasPress

Por Gabriel Nascimento no dia 01 de Março de 2016 ⋅ 10:51

A partir desta terça-feira (1º), a bandeira tarifária que aplica uma cobrança extra nas contas de energia, sai da cor vermelha, que indica que o custo da produção de energia no país está alto, para a amarela que representa condições menos favoráveis, em todo o país. Com a mudança, o custo adicional para os consumidores será reduzido de R$ 3 para R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima que a troca da bandeira para amarela vai gerar uma redução média de 3% no valor da tarifa de luz no Brasil em março. Esse barateamento pode chegar a 6%, em abril, quando a bandeira irá para verde e a cobrança extra será suspensa. É a primeira vez que a bandeira sai do vermelho, desde o início do sistema em janeiro de 2015.

Segundo o Governo Federal, neste mês de março, 21 usinas termelétricas, responsáveis pela produção mais cara que as hidrelétricas, serão desligadas. O ministério de Minas e Energia informou que isso foi possível após avaliação de três fatores combinados: consumo de energia, nível dos reservatórios e entrada de energia nova no sistema.

 

Notícias relacionadas

[Inep divulga espelhos da redação Enem 2018]
Brasil

Inep divulga espelhos da redação Enem 2018

Por Kamille Martinho no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 17:00 em Brasil

Os participantes poderão visualizar as justificativas da nota atribuída pelos corretores em cada uma das cinco competências avaliadas

[Decano da Lava Jato se aposenta do MPF]
Brasil

Decano da Lava Jato se aposenta do MPF

Por Kamille Martinho no dia 18 de Março de 2019 ⋅ 20:00 em Brasil

Carlos Fernando dos Santos Lima pretende atuar para o setor privado dando cursos e consultorias na área de compliance