Brasil

César Borges pede afastamento de infraestrutura do Banco do Brasil

O ex-governador da Bahia e ex-ministro dos Transportes e de Postos, César Borges, pediu afastamento da vice-presidência de infraestrutura do Banco do Brasil. O ex-gestor estadual exercia a função desde desde 2015 e deixou o cargo nesta quarta-feira (2). [Leia mais...]

[César Borges pede afastamento de infraestrutura do Banco do Brasil]
Foto : Reprodução / Agência Brasil

Por Camila Tíssia no dia 02 de Março de 2016 ⋅ 10:58

O ex-governador da Bahia e ex-ministro dos Transportes e de Postos, César Borges, pediu afastamento da vice-presidência de infraestrutura do Banco do Brasil. O ex-gestor estadual exercia a função desde desde 2015 e deixou o cargo nesta quarta-feira (2).
 
Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã de hoje, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), comentou a situação e falou sobre a época que César Borges esteve à frente do Ministério, durante o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff (PT). 

"Declarei muitas vezes que ele não roubou e não deixou ninguém roubar e ele foi demitido pela presidente Dilma por causa disso. No Banco do Brasil é claro que estava fazendo um trabalho muito mais discreto, mas mostrou sua dignidade. Bato palmas para ele e gostaria que estivesse ao nosso lado como sempre esteve como bom político e bom amigo", afirmou Aleluia.
 
Especula-se que o desgaste que o governo vem sofrendo e a confusão na coordenação política sejam as causas do afastamento. Sem legenda, César Borges deve voltar à Bahia e retomar as atividades particulares no setor privado e na política partidária. 

Notícias relacionadas