Brasil

Secult lamenta morte de Naná Vasconcelos: “A música está muito sentida”

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) lamentou o falecimento do percussionista pernambucano Naná Vasconcelos. [Leia mais...]

[Secult lamenta morte de Naná Vasconcelos: “A música está muito sentida” ]
Foto : Divulgação/ Assessoria de Naná Vasconcelos

Por Matheus Morais no dia 09 de Março de 2016 ⋅ 12:24

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) lamentou o falecimento do percussionista pernambucano Naná Vasconcelos. O músico lutava contra um câncer de pulmão descoberto em agosto do ano passado e morreu nesta quarta-feira (9). “Naná se firmou como um dos mais respeitados instrumentistas do país, como referência na percussão, sem ter frequentado alguma escola de música durante sua formação. A música brasileira está muito sentida hoje”, afirmou o secretário, Jorge Portugal. A SecultBA transmite o seu pesar aos familiares, amigos e admiradores da trajetória do percussionista.

Naná Vasconcelos ganhou, por sete anos consecutivos (1984-1990), o prêmio de Melhor Percussionista do Ano da conceituada revista de jazz Down Beat, ganhou oito prêmios Grammy. O pernambucano também fez trilhas sonoras para filmes nacionais e norte-americanos. Em 2013, o músico fez a trilha sonora da animação O Menino e o Mundo, que disputou o Oscar de melhor filme de animação em 2016. No dia 9 de dezembro de 2015, Naná Vasconcelos recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Notícias relacionadas