Brasil

Ator de musical sobre Chico Buarque xinga Dilma e PT; cantor suspende peça

Um tumulto ocorrido neste sábado (19) envolvendo a peça "Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos", em Belo Horizonte, deixou o cantor irritado. Tudo por conta de uma parte da apresentação, na qual o ator e diretor Caio Botelho resolveu improvisar e chamou a presidente Dilma Rousseffe o ex-presidente Lula de ladrões. O ato acabou revoltando a plateia, que saiu em defesa do governo, vaiaram e gritaram “não vai ter golpe”.[Leia mais...]

[Ator de musical sobre Chico Buarque xinga Dilma e PT; cantor suspende peça]
Foto : Divulgação/Robert Schwenck

Por Matheus Simoni no dia 20 de Março de 2016 ⋅ 16:42

Um tumulto ocorrido neste sábado (19) envolvendo a peça "Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos", em Belo Horizonte, deixou o cantor irritado. Tudo por conta de uma parte da apresentação, na qual o ator e diretor Caio Botelho resolveu improvisar e chamou a presidente Dilma Rousseff  e o ex-presidente Lula de ladrões. O ato acabou revoltando a plateia, que saiu em defesa do governo, vaiaram e gritaram “não vai ter golpe”.

Após o ocorrido, o cantor Chico Buarque decidiu neste domingo (20) retirar a autorização para Botelho usar suas músicas "nesse ou em qualquer outro espetáculo", deixando a peça suspensa. Em áudio divulgado pelo coletivo Mídia Ninja, é possível ouvir o diretor discutindo com a atriz Soraya Ravenle, xingando a plateia em seu camarim e questionando as vaias que levou. Segundo ele, as pessoas que estavam na assistindo a peça eram "nazistas".

"Isso é o que há de pior no Brasil. Essa gente que chega e peita o ator que está em cena. O ator que está em cena é um rei, não pode ser peitado. Não pode ser peitado por um negro, por um filho da puta que está na plateia", disse. Após a repercussão, Botelho se defendeu, antes de suspender sua página no Facebook. "Quis dizer 'nêgo', a gíria, no sentido de "alguém", não é uma questão racial. Não sou racista", disse o ator. Confira:
 

Notícias relacionadas

[Inep divulga espelhos da redação Enem 2018]
Brasil

Inep divulga espelhos da redação Enem 2018

Por Kamille Martinho no dia 19 de Março de 2019 ⋅ 17:00 em Brasil

Os participantes poderão visualizar as justificativas da nota atribuída pelos corretores em cada uma das cinco competências avaliadas

[Decano da Lava Jato se aposenta do MPF]
Brasil

Decano da Lava Jato se aposenta do MPF

Por Kamille Martinho no dia 18 de Março de 2019 ⋅ 20:00 em Brasil

Carlos Fernando dos Santos Lima pretende atuar para o setor privado dando cursos e consultorias na área de compliance