Brasil

Novas normas para cesárea começam a valer nesta segunda-feira

As normas para realização de cesáreas no país ficam mais restritas a partir desta segunda-feira (6). Os planos de saúde só terão que pagar pelos procedimentos com justificativa médica para a cirurgia. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Diego Redel / Agencia RBS

Por Juliana Almirante no dia 06 de Julho de 2015 ⋅ 11:37

As normas para realização de cesáreas no país ficam mais restritas a partir desta segunda-feira (6). Os planos de saúde só terão que pagar pelos procedimentos com justificativa médica para a cirurgia. Assim, a gestante que optar pelo procedimento sem pedido médico deverá custear o processo.  As regras da portaria do Ministério da Saúde pretendem reduzir o alto número de cesáreas no Brasil.

Os profissionais de saúde deverão preencher um partograma, relatório que explica os motivos da cesárea para que o plano se saúde efetue o  pagamento.  A resolução também estabelece que as gestantes devem ter acesso à taxa de cesáreas realizadas em cada hospital e pelo médico.  Caso as operadoras não prestem esse tipo de informação, ficarão sujeitas à multa.

No Brasil, cerca de 85% dos nascimentos registrados via plano de saúde são por cesariana, quando a indicação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que somente 15% dos partos sejam feitos por esse método. A rede pública registra a mesma taxa em 40%.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Inscrições para o Fies terminam neste domingo]
Brasil

Inscrições para o Fies terminam neste domingo

Por Alexandre Galvão no dia 20 de Julho de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

Pode concorrer às vagas quem fez uma das edições do Enem a partir de 2010 e teve média igual ou superior a 450 pontos, nem zerou a redação

[Dr. Bumbum é preso após 4 dias foragido]
Brasil

Dr. Bumbum é preso após 4 dias foragido

Por Marina Hortélio no dia 19 de Julho de 2018 ⋅ 16:00 em Brasil

O médico fugiu após uma paciente ter morrido decorrente de complicações de um procedimento cirúrgico na casa de Denis

[Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil]
Brasil

Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Julho de 2018 ⋅ 22:00 em Brasil

Feito à base de maconha, o composto não é produzido no Brasil e só pode ser importado com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária