Brasil

Gaudenzi critica falta de política nacional para o turismo

O ex-secretário da Cultura e Turismo Paulo Renato Dantas Gaudenzi avaliou, em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta terça-feira (7), que o setor precisa de maior destaque nas políticas públicas federais.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Max Haack/Agecom

Por Juliana Almirante no dia 07 de Julho de 2015 ⋅ 09:12

O ex-secretário da Cultura e Turismo Paulo Renato Dantas Gaudenzi avaliou, em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta terça-feira (7), que o setor precisa de maior destaque nas políticas públicas federais. "Turismo é uma atividade de curta distância. Uma coisa é a estratégia, que tradicionalmente o Brasil nunca teve. Precisa vir alguém que faça coisas novas que não temos”, alertou.

Gaudenzi acredita que a estratégia para o setor turístico deve ser construída pelo governo de maneira conjunta com os empresários do campo. “O governo fez dois planos de marketing em 2004 e 2007, mas não se ouviu ninguem, não se ouviu os empresários, a discussão não existia. Se o Brasil tivesse uma política mais sólida sobre o turismo, o Nordeste tinha que ter uma atenção especial", define.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Inscrições para o Fies terminam neste domingo]
Brasil

Inscrições para o Fies terminam neste domingo

Por Alexandre Galvão no dia 20 de Julho de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

Pode concorrer às vagas quem fez uma das edições do Enem a partir de 2010 e teve média igual ou superior a 450 pontos, nem zerou a redação

[Dr. Bumbum é preso após 4 dias foragido]
Brasil

Dr. Bumbum é preso após 4 dias foragido

Por Marina Hortélio no dia 19 de Julho de 2018 ⋅ 16:00 em Brasil

O médico fugiu após uma paciente ter morrido decorrente de complicações de um procedimento cirúrgico na casa de Denis

[Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil]
Brasil

Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Julho de 2018 ⋅ 22:00 em Brasil

Feito à base de maconha, o composto não é produzido no Brasil e só pode ser importado com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária