Brasil

Dois motoristas de Uber são assassinados esse fim de semana no Rio de Janeiro

As mortes de dois motoristas de Uber a tiros estão sendo investigadas pela polícia. Os crimes ocorreram de semana em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro e na Zona Oeste da cidade carioca. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Filipe Araújo/ Fotos Públicas

Por Laura Lorenzo no dia 22 de Agosto de 2016 ⋅ 15:15

As mortes de dois motoristas de Uber a tiros estão sendo investigadas pela polícia. Os crimes ocorreram de semana em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro e na Zona Oeste da cidade carioca.

O primeiro caso foi o de Iúri Martins Pereira de Alcântara, 24 anos, morto no sábado (20). A Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) identificou um motorista de van como suspeito de matar o motorista de Uber. De acordo com a polícia, Mayk Frem dos Santos, 38 anos, é suspeito de ter cometido o crime devido a uma briga por uma vaga de estacionamento.

Segundo informações do Uber, Alcântara não estava em serviço no momento da discussão. O motorista chegou a ser levado ao Hospital Azevedo Lima, mas não resistiu. O suspeito ainda está desaparecido.

Na noite de domingo (21), Marcos Vinícius de Oliveira Leite, de 42 anos, foi assassinado com tiros no peito, próximo à estação BRT na Praça da Sé. Agente da Divisão de Homicídios (DH) também foram acionados para investigar o ocorrido e efetuar a perícia. 

Notícias relacionadas

[PGR defende prisão do fundador da Pague Menos]
Brasil

PGR defende prisão do fundador da Pague Menos

Por Marina Hortélio no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 15:00 em Brasil

No recurso, Francisco Deusmar de Queirós contesta a decisão do STJ que manteve a execução provisória de pena

[Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores]
Brasil

Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2018 ⋅ 10:20 em Brasil

Os países com os maiores percentuais de estudantes que querem ser professores são Argélia, onde 21,7% dos estudantes querem ser professores, e Kosovo, onde esse percentua...