Brasil

Número de fumantes no Brasil reduziu mais de 30% na última década

O número de fumantes no Brasil caiu consideravelmente na última década. De acordo com o pneumologista Francisco Hora, nos últimos 9 anos, o índice reduziu 30,7%, apontou dados do Ministério da Saúde [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 29 de Agosto de 2016 ⋅ 08:32

O número de fumantes no Brasil caiu consideravelmente na última década. De acordo com o pneumologista Francisco Hora, nos últimos 9 anos, o índice reduziu 30,7%, apontou dados do Ministério da Saúde, um fato a ser comemorado no Dia Nacional de Combate ao Fumo, celebrado nesta segunda-feira (29). Apesar da redução, o levantamento mostrou ainda que cerca de 10,8% da população no país é de fumantes, número que em 2006 chegava a 15,6%.

Em entrevista à Rádio Metrópole, o médico explicou que não existe “quantidade segura” para o consumo do cigarro.  “Se você fuma, tem chance de ter um enfisema, que é uma doença terrível. A incapacidade de respirar é horrível, essa é uma doença de fumantes, rara em não fumantes. Não existe isso de fumo pouco”, explicou.

O médico comemorou ainda a derrubada da prática dos fumódromos no Brasil – espaços em locais privados como restaurantes destinados a fumantes. “Porque o funcionário esta ali dentro e é fumante passivo. As leis trabalhistas foram pesadas contra isso e com toda razão”, afirmou. 

 

Notícias relacionadas