Brasil

Pesquisa mostra Bahia como 3º maior estado em vendas de produtos de sex shop

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira do Mercado Erótico e Sensual (Abeme), o mercado de produtos de sex shop vem crescendo em todo o país. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/OLX

Por Matheus Morais no dia 05 de Setembro de 2016 ⋅ 10:19

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira do Mercado Erótico e Sensual (Abeme), o mercado de produtos de sex shop vem crescendo em todo o país. Para se ter uma ideia, houve uma alta de 8,5% nas vendas de itens como cosméticos, vibradores, próteses, acessórios e vestuário. Promissor, o mercado tem atrai novos investidores como alternativa para burlar a crise econômica e financeira. 

De acordo com o jornal A Tarde, uma das beneficiadas com o negócio foi a a assistente de telemarketing Simone Amorim. Ela comercializa produtos através de aplicativos e por telefone, já que não tem dinheiro para abrir uma loja física. Simone atesta que os clientes geralmente se sentem envergonhados e hesitam ao entrar em estabelecimentos comerciais, para comprar produtos em sex shops.

"Disponibilizo os produtos em páginas na internet, o consumidor escolhe e eu entrego onde quiser. Isso evita esse medo da exposição". Até agora o negócio está dando certo e a procura, de acordo com ela, tem sido cada vez maior. "Consigo tirar uma média de R$ 1200, por mês", disse Simone. 

Ainda segundo o levantamento da Abeme, só em 2014, foram lançados 50 produtos de categorias distintas, que variam as cores, aromas e sabores. A pesquisa mostra também que as mulheres são as principais consumidoras desses itens.

Notícias relacionadas

[STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito]
Brasil

STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito

Por Marina Hortélio no dia 14 de Novembro de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

A maioria dos magistrados compreendeu que a punição para quem deixa o local do acidente não fere a garantia do cidadão de não ser obrigado a produzir prova contra si mesm...