Brasil

MPF denuncia Taurus por venda ilegal de armas a traficante iemenita

Segundo denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal do Rio Grande do Sul, dois executivos da empresa teriam vendido 8.000 pistolas e revólveres para um dos maiores traficantes de armas internacionais do mundo: o iemenita Fares Mohammed Mana'a. As armas foram usadas na guerra civil do Iêmen. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por André Teixeira no dia 07 de Setembro de 2016 ⋅ 09:22

A cidade gaúcha de São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, abriga a maior empresa privada de armas do país em operação há 77 anos: A fábrica da Forjas Taurus. E onde há arma, há fogo. Segundo denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal do Rio Grande do Sul, dois executivos da empresa teriam vendido 8.000 pistolas e revólveres para um dos maiores traficantes de armas internacionais do mundo: o iemenita Fares Mohammed Mana'a. As armas foram usadas na guerra civil do Iêmen.

Publicidade

O MPF também denunciou a empresa. De acordo com a denuncia publicada pela Exame, "os executivos teriam desviado as armas com destino a Djibuti, uma venda autorizada pelo governo, e redirecionadas para o Iêmen por Mana'a com ajuda da empresa".

Milhares de militares e civis, com os rebeldes houthis apoiados pelo Irã desafiando o governo aliado da Arábia Saudita, já foram mortos na região, localizada no Oriente Médio.

 

Notícias relacionadas