Brasil

7 de setembro: manifestantes fazem protesto contra Temer e pedem novas eleições

Em ato contra o governo de Michel Temer, manifestantes se reuniram na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no lado oposto do desfile que marca o desfile do Dia da Independência do Brasil, nesta quarta-feira (7). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Mateus Vidigal/ G1/ Reprodução

Por Matheus Morais no dia 07 de Setembro de 2016 ⋅ 10:37

Em ato contra o governo de Michel Temer, manifestantes se reuniram na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no lado oposto do desfile que marca o desfile do Dia da Independência do Brasil, nesta quarta-feira (7). Com cartazes, eles começaram a gritar palavras de ordem por volta das 9h. A expectativa é que 5 mil pessoas participem do ato. Depois do desfile, eles devem seguir em caminhada até o Congresso Nacional. 

A concentração foi marcada para as 8h30, pouco antes do início das celebrações de 7 de setembro, agendadas para as 9h. Os manifestantes reuniram-se no Museu Nacional, fizeram cartazes e começaram a gritar palavras de ordem por volta das 9h. A expectativa da organização é que 5 mil pessoas participem do ato. Após o desfile, os manifestantes seguirão em caminhada até o Congresso Nacional.

A movimentação era tranquila no início da manhã. Um grupo estendia quatro faixas com os dizeres: “Fora Temer, eleições já”, deixando-as visível para quem descia o Eixo Monumental em direção ao Congresso Nacional. Mais tarde, outros movimentos também estenderam suas faixas de protesto. Ao todo, mais de 90 entidades se posicionam contra o governo Temer e questionam a legitimidade da tomada de poder, que classificam como golpe.

O protesto foi convocado pelas redes sociais, recebeu mais de 4 mil confirmações e 4,6 mil manifestaram interesse no ato pelo Facebook, em Brasília. Ações semelhantes foram convocadas em outras cidades do país. A manifestação “Fora Temer”, une-se, este ano, ao Grito dos Excluídos, protesto tradicional de 7 de Setembro, que reúne movimentos sociais em busca de visibilidade e melhores condições de vida.

Notícias relacionadas

[STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito]
Brasil

STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito

Por Marina Hortélio no dia 14 de Novembro de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

A maioria dos magistrados compreendeu que a punição para quem deixa o local do acidente não fere a garantia do cidadão de não ser obrigado a produzir prova contra si mesm...