Brasil

Local onde Domingos Montagner morreu não tinha placas e nem salva-vidas

A região onde o ator Domingos Montagner, da novela “Velho Chico” (Globo) morreu na última quinta-feira (15) era, há um ano, sinalizada por placas que avisavam o perigo da correnteza, boias que determinavam a proibição da área imprópria para banho, além de salva-vidas colocados de prontidão no local.De acordo o colunista da Folha de S. Paulo João Pedro Pitombo, contudo, uma reforma na “prainha” às margens do São Francisco na cidade de Canindé de São Francisco (SE) retirou toda a sinalização e demitiu os cinco salva-vidas que trabalhavam na localidade em fevereiro deste ano. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução

Por Laura Lorenzo no dia 16 de Setembro de 2016 ⋅ 20:15

A região onde o ator Domingos Montagner, da novela “Velho Chico” (Globo) morreu na última quinta-feira (15) era, há um ano, sinalizada por placas que avisavam o perigo da correnteza, boias que determinavam a proibição da área imprópria para banho, além de salva-vidas colocados de prontidão no local.  De acordo o colunista da Folha de S. Paulo João Pedro Pitombo, contudo, uma reforma na “prainha” às margens do São Francisco na cidade de Canindé de São Francisco (SE) retirou toda a sinalização e demitiu os cinco salva-vidas que trabalhavam na localidade em fevereiro deste ano. 

O trecho da orla que foi inaugurado no dia 30 de julho em uma cerimônia que contou com a presença do governador do estado de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), e desde então foi reaberto ao público sem as devidas sinalizações. As placas e as boias não foram recolocadas na praia e os salva-vidas também não foram recontratados.

Segundo o secretário municipal de Turismo, Dario Roque, mesmo tendo sido inaugurada, a obra não foi oficialmente entregue pelo governo do Estado, pois a prefeitura ainda está aguardando uma cessão da área pela Superintendência do Patrimônio da União (SPU) que autorize a reocupação dos quiosques e a instalação das boias e placas

Na quinta-feira, Montagner, protagonista da novela, foi mergulhar depois de um almoço com a colega de elenco Camila Pitanga, após terem gravado em Piranhas-SE algumas das últimas cenas, quando os dois foram pegos pela correnteza e o ator se afogou. A atriz contou ainda que, enquanto os dois estavam sendo puxados, Montagner a empurrou para que ela conseguisse se segurar numa pedra para então sair do rio. 

O enterro do ator vai acontecer neste sábado (17), no Cemitério da Quarta Parada, região leste de São Paulo. O corpo foi transportado de Sergipe e chegou a São Paulo por volta das 16h desta sexta (16). O velório será realizado no mesmo dia apenas para familiares e amigos íntimos.

Notícias relacionadas

[Acidentes de trânsito com vítimas caem 18% até agosto]
Brasil

Acidentes de trânsito com vítimas caem 18% até agosto

Por Matheus Simoni no dia 21 de Outubro de 2018 ⋅ 07:30 em Brasil

De janeiro a agosto, segundo relatórios, o total de indenizações pagas por acidentes somaram 216.023, contra 263.841 registrados no mesmo período do ano passado