Brasil

Sem distinção de gênero: Saia é liberada para estudantes de colégio no Rio

Um dos colégios mais tradicionais do Rio de Janeiro, o Colégio Pedro II, "aboliu a distinção do uniforme escolar por gênero. Ou seja, não há mais especificação do que é um uniforme feminino e masculino. A decisão foi divulgada pela Portaria nº 2449/2016, que trata de Normas e Procedimentos Discentes e, segundo a escola, tem por objetivo manter a identidade e igualdade entre os alunos." [ Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : G1

Por M1 no dia 20 de Setembro de 2016 ⋅ 12:37

Um dos colégios mais tradicionais do Estado, o Colégio Pedro II, "aboliu a distinção do uniforme escolar por gênero. Ou seja, não há mais especificação do que é um uniforme feminino e masculino. A decisão foi divulgada na segunda-feira (19), pela Portaria nº 2449/2016, que trata de Normas e Procedimentos Discentes e, segundo a escola, tem por objetivo manter a identidade e igualdade entre os alunos."

No site do colégio, o reitor Oscar Hallack disse que procura “de alguma maneira contribuir para que não haja sofrimento desnecessário entre aqueles que se colocam com uma identidade de gênero diferente daquela que a sociedade determina”. 

 

Notícias relacionadas

[STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito]
Brasil

STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito

Por Marina Hortélio no dia 14 de Novembro de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

A maioria dos magistrados compreendeu que a punição para quem deixa o local do acidente não fere a garantia do cidadão de não ser obrigado a produzir prova contra si mesm...