Brasil

MEC: Orçamento enviado ao Congresso prevê novas vagas para o Fies

O Ministério da Educação pretende dar continuidade ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), conforme divulgado nesta terça-feira (4). O projeto de lei concede crédito suplementar ao Orçamento da União em favor do MEC no valor de mais R$ 1,1 bilhão para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Suami Dias/ GOVBA

Por Luiza Leão no dia 04 de Outubro de 2016 ⋅ 16:44

O Ministério da Educação pretende dar continuidade ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), conforme divulgado nesta terça-feira (4). De acordo com o MEC, a abertura de novas vagas em 2017 será garantida através do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), já encaminhado ao Congresso Nacional. 

A quantidade de vagas ainda não foi divulgada. "A abertura de novas vagas vêm caindo a cada ano. Em 2014, a abertura de novas vagas no Fies foi muito grande, em 2015 teve uma queda extraordinária, em 2016, uma queda maior ainda", informou o MEC.

Segundo o Ministério da Educação a atual gestão encontrou o Fies sem orçamento para o pagamento da taxa de administração dos agentes financeiros do sistema, responsáveis pela contratação e aditamentos do fundo.

O projeto de lei concede crédito suplementar ao Orçamento da União em favor do MEC no valor de mais R$ 1,1 bilhão para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é o programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Notícias relacionadas

[PF deflagra 60ª Fase da Operação Lava Jato]
Brasil

PF deflagra 60ª Fase da Operação Lava Jato

Por Clara Rellstab no dia 19 de Fevereiro de 2019 ⋅ 07:39 em Brasil

Os mandados são cumpridos em endereços ligados a Paulo Vieira de Souza e ao ex-senador pelo PSDB Aloysio Nunes Ferreira Filho