Brasil

Hacker que ameaçou divulgar fotos íntimas de Marcela Temer é condenado

O hacker que clonou o celular da primeira-dama Marcela Temer e pediu dinheiro para não divulgar fotos e áudios que estavam no aparelho foi condenado a 5 anos 10 meses e 25 dias de prisão em regime fechado [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Lula Marques/AGPT

Por Bárbara Silveira no dia 26 de Outubro de 2016 ⋅ 16:35

O hacker que clonou o celular da primeira-dama Marcela Temer e pediu dinheiro para não divulgar fotos e áudios que estavam no aparelho foi condenado a 5 anos 10 meses e 25 dias de prisão em regime fechado. A juiza Eliana Cassales Tosi de Mello, da 30ª Vara Criminal, entendeu que ao pedir R$ 300 mil para não vazar o conteúdo na internet, Silvonei José de Jesus Souza cometeu estelionato e extorsão. A decisão ainda cabe recurso. 

O advogado de Souza, Valter Bettencort Albuquerque, contestou a decisão e argumentou que o homem é réu primário. "Por ele ser de baixa periculosidade, deveria ser regime aberto ou semiaberto", disse Albuquerque ao G1. Souza já estava preso desde maio, e a juíza Eliana Cassales Tosi de Mello, da 30ª Vara Criminal, manteve a prisão preventiva. Ele cumprirá pena na prisão de Tremembé, em São Paulo. 

Notícias relacionadas

[STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito]
Brasil

STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito

Por Marina Hortélio no dia 14 de Novembro de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

A maioria dos magistrados compreendeu que a punição para quem deixa o local do acidente não fere a garantia do cidadão de não ser obrigado a produzir prova contra si mesm...