Brasil

"Jonas": Com Jesuíta Barbosa e Criolo, drama mostra diferenças sociais

O drama “Jonas” chega nesta quinta-feira (27) às telas de cinema do país. A trama, que tem a direção de Lô Politi, traz nomes como Jesuíta Barbosa, Laura Neiva e os cantores Criolo e Karol Conká. O filme recebeu o Prêmio Especial do Júri da mostra Novos Rumos no Festival do Rio 2015 [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Bárbara Silveira no dia 26 de Outubro de 2016 ⋅ 18:44

O drama “Jonas” chega nesta quinta-feira (27) às telas de cinema do país. A trama, que tem a direção de Lô Politi, traz nomes como Jesuíta Barbosa, Laura Neiva e os cantores Criolo e Karol Conká. O filme recebeu o Prêmio Especial do Júri da mostra Novos Rumos no Festival do Rio 2015.

Juntos, eles contam a história de Jonas (Jesuíta Barbosa), um rapaz pobre, filho de uma empregada doméstica, que nutre uma paixão platônica desde a infância por Branca (Laura Neiva), filha dos patrões de sua mãe. 

O rapaz não consegue aceitar o fato de Branca se envolver com outros homens e, na véspera do Carnaval, sequestra a moça e a esconde no interior de um carro alegórico. O filme se passa nas ruas da Vila Madalena, em São Paulo, e traz o rapper Criolo como Dandão, chefe do tráfico da região, que também se envolve com Branca. 

Em entrevista recente, Criolo destacou a satisfação em fazer parte do filme. “Tudo aconteceu quando a Lô Politi me convidou para fazer o filme, ele é especial. Eu tenho uma singela participação e estou muito feliz", disse. Apesar de estrear na direção de um longa metragem em “Jonas”, Lô Politi – que também assina o roteiro – trabalha com cinema desde 1998 e é uma das sócias da Maria Bonita Filmes, onde atuou por 10 anos na direção de filmes publicitários. 

Ideia surgiu do fascínio por carros alegóricos

Ao portal CineSom, Politi contou que a ideia do filme surgiu baseada no seu encantamento por carros alegóricos. “Passo pelo estacionamento de carros alegóricos do sambódromo todo Carnaval, na marginal, saindo de São Paulo para o feriado. Sempre me fascinou aquele lugar, aqueles carros alegóricos todos lá, coloridíssimos, enormes, durante semanas. Um ambiente muito surreal no meio na marginal, do trânsito, uma explosão de cor e fantasia no meio da parte mais árida e cinzenta de São Paulo. Sempre que passava por lá, pensava: Alguém tem que fazer um filme com esse cenário! Um dia resolvi fazer eu mesmo”, afirmou. 

Assista o trailer completo:

 

Notícias relacionadas

[Saída de cubanos poderá deixar 611 cidades sem médicos]
Brasil

Saída de cubanos poderá deixar 611 cidades sem médicos

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Novembro de 2018 ⋅ 07:30 em Brasil

Segundo o presidente do Conasems, profissionais de Cuba foram os únicos a aceitar trabalhar em unidades de saúde que ficam em cidades mais isoladas ou pobres

[Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 37 milhões]
Brasil

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 37 milhões

Por Marina Hortélio no dia 17 de Novembro de 2018 ⋅ 10:30 em Brasil

As apostas podem ser realizadas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet