Brasil

Delator que admitiu ter mentido em depoimento a Moro é solto

O empresário Fernando Moura Hourneaux, condenado na Operação Lava Jato, foi solto a pedido do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki nesta sexta-feira (4). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 04 de Novembro de 2016 ⋅ 20:13

O empresário Fernando Moura Hourneaux, condenado na Operação Lava Jato, foi solto a pedido do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki nesta sexta-feira (4). Moura foi preso em maio por determinação do juiz federal Sérgio Moro por ter quebrado acordo de delação premiada, no qual citou o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

Na petição enviada ao Supremo, os advogados do empresário alegaram que a manutenção da prisão do empresário é ilegal e sem fundamentos que a justifiquem. Segundo a defesa, a prisão poderia ser substituída por medidas cautelares. Em janeiro deste ano, Fernando Moura admitiu, em depoimento ao Ministério Público Federal (MPF), que prestou informações falsas durante interrogatório ao juiz Sérgio Moro.

Notícias relacionadas