Brasil

Número de cesarianas no Brasil reduz 1,5 %

?O Ministério da Saúde divulgou que de 2014 para 2015 o número de cesarianas realizadas no Brasil caiu 1,5 ponto percentual, pela primeira vez desde 2010. Esse recuo ocorre nas redes pública e privada. [Leia mais...]

[Número de cesarianas no Brasil reduz 1,5 %]
Foto : Fotos Públicas/ Astaffolani/ Wikimedia Common

Por Luiza Leão no dia 10 de Março de 2017 ⋅ 19:41

O Ministério da Saúde divulgou que de 2014 para 2015 o número de cesarianas realizadas no Brasil caiu 1,5 ponto percentual, pela primeira vez desde 2010. Esse recuo ocorre nas redes pública e privada.

Dos três milhões de partos realizados no país no ano retrasado, 55,57% foram cesarianas e 44,43% normais. Já em 2016, aparece uma tendência de estabilização porque os números também preliminares indicam 55,51% de cesáreas. Se tratando do Sistema Único de Saúde (SUS), o número de partos normais realizados é maior. Foram 59,8% contra 40,2% de cesarianas em 2015.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que a taxa ideal de cesáreas é com variação entre 10% e 15% do total de partos realizados em um país. Por isso, apesar da pequena queda, o Brasil ainda tem um índice de cesarianas considerado alto. Considerando o patamar em que o país se encontra, a taxa de referência sugerida pela OMS estaria entre 25% e 30%.

Para o governo, a estabilização está ligada a uma série de medidas, como a implementação da "Rede Cegonha", com 15 centros de parto normal.

Notícias relacionadas

[‘Mordaça', diz Marco Aurélio sobre censura]
Brasil

‘Mordaça', diz Marco Aurélio sobre censura

Por Kamille Martinho no dia 18 de Abril de 2019 ⋅ 17:40 em Brasil

"Não se trata de censura. A Constituição fala em censura prévia e é clara quanto ao abuso no conteúdo divulgado", argumentou