Brasil

Alvo da Carne Fraca lavava dinheiro em franquia da Subway, diz PF

O relatório da Polícia Federal (PF) sobre a Operação Carne Fraca indicou que Juarez José de Santana, chefe da Unidade Técnica Regional de Agricultura de Londrina, no Paraná, é dono de uma franquia da rede de sanduíches Subway,que está em nome de familiares e é usada para lavar dinheiro do esquema de corrupção. [Leia mais...]

[Alvo da Carne Fraca lavava dinheiro em franquia da Subway, diz PF]
Foto : Divulgação

Por Laura Lorenzo no dia 17 de Março de 2017 ⋅ 16:00

O relatório da Polícia Federal (PF) sobre a Operação Carne Fraca indicou que Juarez José de Santana, chefe da Unidade Técnica Regional de Agricultura de Londrina, no Paraná, é dono de uma franquia da rede de sanduíches Subway, que está em nome de familiares e é usada para lavar dinheiro do esquema de corrupção. Juaréz é alvo de mandado de prisão preventiva na operação. 

Oficialmente, a franquia está no nome das filhas de Juarez. Contudo, de acordo com PF, uma delas mora em São Paulo e a outra em Guiné-Bissau. Juarez é acusado de chefiar uma organização criminosa instalada na Regional de Londrina. Grampos telefônicos registraram conversas em que ele marcou encontros, organizou a coleta de propinas e solicitou produtos alimentícios e armazenamento às empresas.

Em ligações interceptadas, ele combina ainda encontros com outros denunciados na própria franquia, para tratar, de acordo com a PF, de propinas e assuntos ilegais longe dos escritórios do governo. A Polícia diz ainda que ele supervisionou a redação da defesa de uma empresa autuada por irregularidades sanitárias.

Notícias relacionadas