Brasil

Pesquisa denuncia espera para cancelar linhas telefônicas no Brasil

O Jornal Nacional mostrou na quinta-feira (13) uma reportagem que detalha uma pesquisa comprovando o tempo de espera de um cliente para cancelar sua linha telefônica. [Leia mais...}

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 14 de Agosto de 2015 ⋅ 11:06

O Jornal Nacional mostrou na quinta-feira (13) uma reportagem que detalha uma pesquisa comprovando o tempo de espera de um cliente para cancelar sua linha telefônica. O levantamento aponta quanto tempo se leva para ser atendido em cada operadora. Para se ter uma ideia, o tempo médio de espera para falar com um atendente foi de 12 minutos. Algumas operadoras deixaram o cliente esperando 42 minutos.

Ainda de acordo com a reportagem, quando alguém atende o consumidor, os problemas continuam. Uma cliente de prenome Rita tenta há dois meses cancelar três linhas de celular. Na última ligação a atendente informou que ela precisava antes ouvir 80 ofertas.

“Eu falei: ‘Mas eu não quero, eu não quero, eu não estou interessada, cancela minha linha’. Ela: ‘Não posso. A senhora tem que ouvir as 80 ofertas’. Deu 15 minutos eu falei: ‘Quantas que você já me falou?’. Ela falou: ‘Dez, faltam 70’. Aí eu desisti e desliguei”, contou Rita.


A pesquisa mediu também quanto tempo duram as pausas em uma ligação: mais ou menos oito minutos. “Ali, você fica o dia todo, e é um jogo de empurra. Aí a porcaria da ligação cai, você vai tentar de novo”, contou outra consumidora à reportagem.

Notícias relacionadas

[Eletrobras vai abrir plano de demissão consensual]
Brasil

Eletrobras vai abrir plano de demissão consensual

Por Clara Rellstab no dia 18 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:40 em Brasil

O custo das demissões foi calculado em cerca de R$ 731 milhões. As adesões voluntárias ao PDC ocorrerão por um período de 30 dias

[Inep divulga hoje notas do Enem]
Brasil

Inep divulga hoje notas do Enem

Por Clara Rellstab no dia 18 de Janeiro de 2019 ⋅ 08:00 em Brasil

Mais de 4,1 milhões de estudantes já podem acessar a quanto obtiveram em cada uma das provas: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza, matemática e redação