Brasil

Bancos deixam de oferecer crédito consignado aos servidores federais

Com a investigação da empresa de software Consist na Operação Lava Jato, os bancos decidiram suspender as realizações de crédito consignado para servidores públicos federais. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou que as instituições bancárias estão analisando a participação no convênio acordado com as autoridades públicas.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Agricon

Por Bárbara Gomes no dia 18 de Agosto de 2015 ⋅ 20:00

Com a investigação da empresa de software Consist na Operação Lava Jato, os bancos decidiram suspender as realizações de crédito consignado para servidores públicos federais. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou que as instituições bancárias estão analisando a participação no convênio acordado com as autoridades públicas. 

Conforme a CBN, as bancos Itaú/BMG, Bradesco e Bom Sucesso já receberam um aviso sobre o bloqueio das transações. O impedimento do financiamento prejudica aquelas pessoas que desejavam realizar um novo empréstimo, ou ainda as que precisavam fazer o refinanciamento, atingindo funcionários da ativa, aposentados e pensionistas. 

O Sindicato Nacional das Entidades Abertas de Previdência Complementar (SINAPP) informou em nota que notificou extrajudicialmente a Consist para prestar esclarecimentos aos bancos e servidores. O sindicato destacou ainda que a empresa foi indicada por bancos participantes do mercado de crédito, apresentando as melhores condic?o?es de atender os requisitos te?cnicos e operacionais.

Notícias relacionadas

[Decano da Lava Jato se aposenta do MPF]
Brasil

Decano da Lava Jato se aposenta do MPF

Por Kamille Martinho no dia 18 de Março de 2019 ⋅ 20:00 em Brasil

Carlos Fernando dos Santos Lima pretende atuar para o setor privado dando cursos e consultorias na área de compliance