Brasil

Abdelmassih perde prisão domiciliar e vai para hospital penitenciário

A Justiça revogou na última sexta-feira (11) a prisão domiciliar do do ex-médico Roger Abdelmassih, que havia conseguido o direito de cumprir a pena de 181 anos no apartamento onde vivem sua mulher e filhos no Jardim Paulistano, bairro nobre de São Paulo, em uma decisão expedida há cerca de um mês. [Leia mais...]

[Abdelmassih perde prisão domiciliar e vai para hospital penitenciário]
Foto : Secretaria Nacional De Antidrogas do Paraguai

Por Laura Lorenzo no dia 12 de Agosto de 2017 ⋅ 13:15

A Justiça revogou na última sexta-feira (11) a prisão domiciliar do ex-médico Roger Abdelmassih, que havia conseguido o direito de cumprir a pena de 181 anos no apartamento onde vivem sua mulher e filhos no Jardim Paulistano, bairro nobre de São Paulo, em uma decisão expedida há cerca de um mês.

A juíza Sueli Zeraik de Oliveira Armani, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté, determinou na decição que Abdelmassih seja encaminhado ao Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário, no bairro Carandiru, para continuar o tratamento médico. O ex-médico está internado desde segunda-feira (7) no hospital Albert Einstein por causa de uma superbactéria. De acordo com a medida, Abdelmassih deverá ser será encaminhado à Penitenciária de Tremembé assim que receber alta médica.

O ex-médico foi condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes.

Comentarios

Notícias relacionadas