Brasil

Assembleia de acionistas da JBS é suspensa pela Justiça; BNDES defende saída da família Batista

A assembleia extraordinária de acionistas da JBS, que aconteceria nesta sexta-feira (1º), foi suspensa pela Justiça. [Leia mais...]

[Assembleia de acionistas da JBS é suspensa pela Justiça; BNDES defende saída da família Batista]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 01 de Setembro de 2017 ⋅ 11:51

A assembleia extraordinária de acionistas da JBS, que aconteceria nesta sexta-feira (1º), foi suspensa pela Justiça. O afastamento da família Batista do comando do frigorífico, a pedido do BNDES (que é sócio minoritária), seria votado nesta reunião. A liminar foi concedida a pedido da FB Participações, holding da família Batista que controla o frigorífico. Outra liminar havia proibido os controladores de votarem na assembleia, atendendo a solicitação da BNDESP e da Caixa, que também tem participação na companhia, nesta quinta-feira. A alegação é de conflito de interesses.

\"Os dois itens vedados ao voto dos controladores tratam de medidas a serem tomadas pela companhia com vistas à responsabilização dos gestores por prejuízos causados à empresa e de autorização da companhia para indenizar e manter indenes seus administradores\", afirmou o BNDES, por meio de um comunicado.

De acordo com o portal G1, o BNDES tem como estratégia defender na assembleia de acionistas que a JBS abra um processo de responsabilidade contra os irmãos Wesley e Joesley Batista e outros ex-executivos da empresa por prejuízos causados à companhia. O BNDES afirmou ainda que vai defender a saída de Wesley Batista da presidência executiva da companhia.

Notícias relacionadas

[Sisu abre inscrições na terça]
Brasil

Sisu abre inscrições na terça

Por Aline Reis no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 18:00 em Brasil

Nesta edição, são mais de 235,4 mil vagas distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país.