Brasil

Governo pede prazo de mais 15 dias para explicar contas de Dilma ao TCU

Um novo prazo para explicar a prestação de contas da presidente Dilma Rousseff referente a 2014 foi pedido pelo governo federal ao Tribunal de Contas da União (TCU). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 25 de Agosto de 2015 ⋅ 07:44

Um novo prazo para explicar a prestação de contas da presidente Dilma Rousseff referente a 2014 foi pedido pelo governo federal ao Tribunal de Contas da União (TCU). O pedido foi confirmado pelo ministro Augusto Nardes, relator do processo, que esteve na tarde de hoje (24) em São Paulo.

“O governo está solicitando mais 15 dias. Estou sabendo disso agora, e tomarei uma decisão entre hoje e amanhã, porque foi dado um prazo bastante elástico, de 45 dias. Vou avaliar isso”, afirmou Nardes.


Vale lembrar que este foi o segundo pedido de adiamento para explicar indícios de irregularidades apontadas pelo tribunal sobre as contas de 2014. Nardes deve decidir até amanhã se concederá novo adiamento. O prazo do primeiro adiamento vence sexta-feira (28). A data do julgamento, segundo ele, segue indefinida.


No dia 17 de junho, o TCU concedeu ao governo 30 dias para explicar 13 pontos nos quais verificou-se a possibilidade de irregularidades na prestação de contas. No dia 22, a Advocacia-Geral da União entregou a defesa da presidente Dilma Rousseff. Mas, no dia 12 de agosto, o tribunal registrou indícios de duas novas irregularidades. O governo solicitou 15 dias para responder.

Notícias relacionadas

[STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito]
Brasil

STF define que é crime fugir do local do acidente de trânsito

Por Marina Hortélio no dia 14 de Novembro de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

A maioria dos magistrados compreendeu que a punição para quem deixa o local do acidente não fere a garantia do cidadão de não ser obrigado a produzir prova contra si mesm...