Brasil

Seguro-desemprego é reajustado em 2,07%

O seguro-desemprego foi reajustado, a partir desta quinta-feira (11), em 2,07%, conforme informou o Ministério do Trabalho. Com o aumento, o teto mensal do benefício subirá de R$ 1.643,72 para R$ 1.677,74, o que representa R$ 34,02 de diferença. [Leia mais...]

[Seguro-desemprego é reajustado em 2,07%]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 11 de Janeiro de 2018 ⋅ 20:10

O seguro-desemprego foi reajustado, a partir desta quinta-feira (11), em 2,07%, conforme informou o Ministério do Trabalho. Com o aumento, o teto mensal do benefício subirá de R$ 1.643,72 para R$ 1.677,74, o que representa R$ 34,02 de diferença. O benefício é pago aos trabalhadores com salário médio acima de R$ 2.467,33.

Com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) aos trabalhadores dispensados sem justa causa, o valor é calculado com base na média do salário dos três meses anteriores à demissão. Se o profissional tiver sido desligado antes, o cálculo é baseado na média de dois meses ou um mês. O pagamento é feito em três, quatro ou cinco parcelas, a depender do período trabalhado.

A quantia a ser paga é definida com base em três faixas salariais. O segurado que ganhava até R$ 1.480,25 recebe 80% da remuneração média limitada ao salário mínimo. Para aquele que ganhava entre 1.480,26 e R$ 2.467,33, o valor equivale a R$ 1.184,20 mais 50% do que exceder R$ 1.480,25. Quem ganhava mais que R$ 2.467,33 a parcela será de R$ 1.677,74.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil]
Brasil

Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Julho de 2018 ⋅ 22:00 em Brasil

Feito à base de maconha, o composto não é produzido no Brasil e só pode ser importado com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária