Brasil

Cristian Cravinhos volta à prisão depois de agredir ex-mulher

Condenado pelo assassinato do casal von Richtofen, ele cumpria prisão domiciliar, mas voltou à cadeia depois de agredir a ex-mulher

[Cristian Cravinhos volta à prisão depois de agredir ex-mulher ]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Metro1 no dia 04 de Maio de 2018 ⋅ 15:00

Condenado a 38 anos de prisão pelo assassinato do casal von Richtofen, Cristian Cravinhos foi preso depois de agredir a ex-mulher e ser denunciado pelos crimes de corrupção ativa e posse ilegal de munição. A detenção aconteceu no dia 18 de abril, em Sorocaba. Ontem a denúncia foi encaminhada pelo promotor de Justiça Carlos Alberto Scaranci Fernandes à juíza Margarete Pellizari, da 2ª Vara Criminal da cidade.

Ele conseguiu progressão para o regime aberto e cumpria o restante da pena fora da prisão. Depois de agredir a ex-mulher, Cravinhos tentou subornar os policiais, ao oferecer R$ 1 mil em espécie, mais R$ 2 mil que seriam conseguidos com a venda de uma moto para não voltar ao cárcere. Ele detinha um projétil intacto de pistola calibre 9 mm que foi apreendido.

Devido à nova denúncia, Cristian perdeu o direito ao regime aberto e foi levado de volta à Penitenciária de Tremembé. A defesa alega que as acusações são infundadas e contestadas junto à Justiça de Sorocaba. Cristian e Daniel Cravinhos foram condenados em 2006, junto a Suzane von Richthofen, pela morte dos pais dela, Manfred e Marísia, em 2002, em São Paulo.

Notícias relacionadas