Brasil

MP pede júri popular para acusados de agredir empresário em frente ao Instituto Lula

O episódio ocorreu em frente ao Instituto Lula, em São Paulo

[MP pede júri popular para acusados de agredir empresário em frente ao Instituto Lula]
Foto : Ricardo Stuckert

Por Metro1 no dia 07 de Maio de 2018 ⋅ 18:20

O Ministério Público de São Paulo solicitou o encaminhamento a júri popular os três homens acusados de agredir o empresário Carlos Alberto Bettoni. O episódio ocorreu na noite de 5 de abril em frente o Instituto Lula, em São Paulo. 

O MP denunciou os acusados, que são apoiadores de Lula, por tentativa de homicídio com dolo eventual. 

O "Maninho do PT", ex-vereador por cinco mandatos em Diadema, o filho dele Leandro e o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Paulo Caires, haviam sido indiciados pela Polícia Civil como os homens que agrediram Bettoni. O empresário precisou até ser internado com traumatismo craniano.

Os três, no entanto, negam a acusação e alegam reação a provocações de Bettoni.

Notícias relacionadas