Brasil

Sebastião Nery: O lava-bife Lulôôoo!

Com o fim da ditadura de Vargas em 1945, o ex-PresidenteWashington Luiz voltou do longo exílio. Veio de navio, foi recebido na Praça Mauá por uma multidão emocionada. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Metro1 no dia 03 de Junho de 2015 ⋅ 15:30

Com o fim da ditadura de Vargas em 1945, o ex-Presidente  Washington Luiz voltou do longo exílio. Veio de navio, foi recebido na Praça Mauá por uma multidão emocionada. Saudou-o o general Euclides de Figueiredo, da Revolução Constitucionalista de São Paulo, pai do escritor Guilherme de Figueiredo e do general João Baptista de Figueiredo.

Depois do discurso, Washington Luiz entrou em um carro aberto e saiu desfilando pela Avenida Rio Branco, lotada de gente. A seu lado, o general Alcio Souto, Chefe da Casa Militar do então Presidente Dutra. Na esquina da Presidente Vargas, o jovem líder estudantil e jornalista baiano Nilson de Oliva César, o “Pixoxó”, do “Diário Trabalhista”, totalmente de porre,pulou no carro de Washington Luiz e começou a gritar:

- Viva! Vivôôô!!! Viva!!! Vivôôô!!!

O velhinho ex-presidente, a barba toda branca e o terno preto, sorria manso e passava a mão na cabeça de Nilson. De repente, outras pessoas começaram a subir também no carro aberto. E Nilson gritando:

- Vivaaa!!! Vivôôôô!!! Vivôôoo!!!

Na esquina de Almirante Barroso, o carro não resistiu ao peso e parou. O general Alcio Souto mandou os caronas todos saírem:

- Desce todo mundo, exceto o neto.

O falso ‘neto’ era Nilson, de porre, gritando Vivôôôô!

FRIBOI

Como no brinquedo “Chicotinho Queimado”, está esquentando o escândalo do BNDES com a “Friboi”. Quem  levantou a lebre foi o Tribunal de Contas ,que pediu ao BNDES informações sobre o empréstimo de 7 bilhões e meio à “Friboi”.O BNDES, atrevidamente, respondeu que nada tinha a responder porque o “sigilo bancário” o obrigava ao segredo.

O BNDES, como o Banco do Brasil, a Caixa, o Banco do Nordeste, são públicos, submetidos à fiscalização do Tribunal de Contas,Policia Federal, Procuradoria da Republica, Controladoria da União. Convocado, o ministro Fux, do Supremo, determinou que o BNDES entregasse tudo. Essa historia da Friboi com o BNDES é uma Lulada, uma Frilula, uma Frilulinha. Está apenas começando.Vêm ai uma CPI, uma Lava-Bife.  

MARSHALL

Leio um texto como sempre brilhante e lúcido do economista e professor Helio Duque, baiano-paranaense, três vezes deputado federal, sobre o ultimo relatório da Petrobrás, que começa a sair do abismo do PT. O Plano Marshal, programa implantado na Europa depois da II Guerra Mundial, de 1945 até 1951, sob o comando do general americano George Marshall, para salvar a Europa estraçalhada pelos bombardeios, teve o custo de 13 bilhões de dólares.

Atualizando aqueles valores para os dias atuais, equivaleria a 110 bilhões de dólares, dois terços investidos na reconstrução da infraestrutura da Alemanha Ocidental, ancorados em reforma monetária estabilizadora, executada pelo notável economista Ludwig Erhard, ministro da Economia e criador da economia de mercado social, foi base fundamental para o reerguimento da Alemanha, até hoje.

PETROBRAS

          1. - No balanço  a Petrobrás registrou dívida líquida de 332 bilhões de reais. Em dólares, equivale ao montante dos recursos aplicados pelo Plano Marshall na reconstrução europeia. No “Relatório da Administração e Demonstrações Contábeis Auditadas” de 2014, os números são impressionantes. Os ativos imobilizados têm valor de 580 bilhões de reais.     

           2. - Os financiamentos para amortização do endividamento têm escala variável de 1 a 5 anos, sendo aproximadamente 80% em dólar. Os investimentos temerários são citados, dentre outros o das refinarias Premium I (no Maranhão) e Premium II (no Ceará), projetos desativados por serem inviáveis, representando prejuízo de 2.825 bilhões.

           3. - No Japão, a refinaria de Okinawa, comprada na gestão Gabrielli, com capacidade para processar 100 mil barris/dia, vai ter suas atividades encerradas por inviabilidade econômica. A refinaria de Passadena no Texas, não merece considerações. Outros investimentos desastrosos são mencionados, destacadamente as investigações na operação da lava jato.

          4. - O relatório destaca: “Ao longo de 61 anos, construímos uma trajetória de superação de desafios, tornando-nos líderes mundiais em tecnologia para exploração e produção em águas profundas e ultraprofundas onde estão cerca de 90% das nossas reservas”.

PETISMO

A indiscutível competência técnica dos profissionais de carreira é responsável e construtora dessa Petrobras que orgulha os brasileiros, infelizmente levada a viver  o inferno astral que estamos assistindo.A sua ressurreição ocorrerá nos anos próximos, se a interferência descabida e incompetente do governo Dilma não atrapalhar,impedindo o aparelhamento da estrutura administrativa como empreguismo terceirizado. 

A nova diretoria descobriu estarrecida que o setor de comunicação, dirigido por 12 anos pelo sindicalista Wilson Santarosa (já demitido), tinha 1.146 funcionários contratados. No Banco do Brasil, o setor tem 105 servidores; na Vale, são 46.É o retrato do empreguismo irresponsável.

  

Notícias relacionadas