Brasil

Anvisa suspende venda de suplementos da Arnold Nutrition e Probiótica

A Anvisa proibiu, nesta quarta-feira (3), a importação, a distribuição e a comercialização do suplemento de cafeína para atletas da Arnold Nutrition. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Educação Física

Por Bárbara Gomes no dia 03 de Junho de 2015 ⋅ 14:41

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu, nesta quarta-feira (3), a importação, a distribuição e a comercialização do suplemento de cafeína para atletas da marca Green Coffee Beads, fabricado por Arnold Nutrition e importado e distribuído por Nutribands. Conforme texto da proibição, foi comprovada divulgação irregular do produto no site da empresa, onde são atribuídas propriedades terapêuticas e medicamentosas não permitidas pela legislação, garantindo queima de gordura, ação termogênica e bloqueio da gordura.

A Agência Brasil aguarda pronunciamento da empresa Nutribands. Também foi proibida a fabricação, a distribuição e a comercialização do produto suplemento vitamínico e mineral da marca No Xplode, fabricado pela Probiótica Laboratórios. A Anvisa informou que o produto apresenta em sua composição, cálcio arginato e magnésio arginato, substâncias sem comprovação de segurança para a vigilância sanitária.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Inscrições para o Fies terminam neste domingo]
Brasil

Inscrições para o Fies terminam neste domingo

Por Alexandre Galvão no dia 20 de Julho de 2018 ⋅ 21:00 em Brasil

Pode concorrer às vagas quem fez uma das edições do Enem a partir de 2010 e teve média igual ou superior a 450 pontos, nem zerou a redação

[Dr. Bumbum é preso após 4 dias foragido]
Brasil

Dr. Bumbum é preso após 4 dias foragido

Por Marina Hortélio no dia 19 de Julho de 2018 ⋅ 16:00 em Brasil

O médico fugiu após uma paciente ter morrido decorrente de complicações de um procedimento cirúrgico na casa de Denis

[Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil]
Brasil

Governo americano barra remessas de canabidiol ao Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Julho de 2018 ⋅ 22:00 em Brasil

Feito à base de maconha, o composto não é produzido no Brasil e só pode ser importado com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária