Brasil

MEC vai usar IDH, nota de curso e setor prioritário para liberar bolsas

Sistema vai priorizar programas de Saúde e Engenharias

[MEC vai usar IDH, nota de curso e setor prioritário para liberar bolsas]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Metro1 no dia 18 de Agosto de 2019 ⋅ 17:20

O governo federal irá criar um novo sistema para concessão de bolsas de mestrado e doutorado, que será anunciado oficialmente no próximo mês, mas algumas das principais mudanças já foram antecipadas à revista Veja pelo presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Anderson Correia. O novo sistema levará em consideração o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos municípios onde estão as faculdades, o teor das pesquisas e a nota obtida pelo curso nos últimos anos.

Também terão prioridade as que se encaixam em áreas consideradas estratégicas pelo governo, como cursos de Saúde e Engenharias, e bolsas de doutorado terão preferência em relação às de mestrado. A distribuição será feita por um algoritmo, e cada um dos quatro quesitos terá um peso específico. Segundo Correia, a inclusão do IDH é importante caso seja utilizada como mecanismo para tentar reduzir desigualdades. “Você não pode dar o mesmo tratamento a um curso em São Paulo e outro em Altamira, no Pará”, afirmou ele, lembrando que a Capes tem função de desenvolvimento das regiões.

Notícias relacionadas