Brasil

Repasses alemães para projetos ambientais equivalem em 1 ano a 4 vezes o orçamento do Ibama

Foram repassados US$ 268 milhões (o equivalente a cerca de R$ 1,1 bilhão pela cotação atual); orçamento do Ibama para despesas não obrigatórias é de R$ 286,7 milhões

[Repasses alemães para projetos ambientais equivalem em 1 ano a 4 vezes o orçamento do Ibama]
Foto : Mayke Toscano/Gcom-MT

Por Juliana Rodrigues no dia 25 de Agosto de 2019 ⋅ 11:20

O governo da Alemanha repassou ao Brasil em 2017 US$ 268 milhões (o equivalente a cerca de R$ 1,1 bilhão pela cotação atual) para aplicação em projetos de proteção ambiental, a exemplo do Fundo Amazônia, de acordo com informação fornecida ao G1 pelo Ministério das Relações Exteriores. Esse montante equivale a quase quatro vezes o orçamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para despesas não obrigatórias em 2019 (R$ 286,7 milhões, já considerando o corte orçamentário anunciado pelo governo, de acordo com a ONG Contas Abertas).

Em comparação com o orçamento global autorizado para o Ibama em 2019 (R$ 1,7 bilhão), que inclui despesas obrigatórias, como o salário dos servidores, a soma dos repasses da Alemanha em 2017 equivale a 65%. Em 2017, a despesa total do Ibama foi de R$ 1,4 bilhão.

No último dia 11, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil não precisa de ajuda financeira da Alemanha para preservar a Amazônia. A declaração foi dada em resposta à ministra alemã do Meio Ambiente, Svenja Schulze, que no dia anterior havia anunciado a suspensão do financiamento de projetos para a proteção da floresta e da biodiversidade da Amazônia, devido a dúvidas sobre o compromisso do governo com a redução das taxas de desmatamento.

Notícias relacionadas