Brasil

Em meio à pandemia, deputado do RJ é detido em festa acusado de agressão a PM

Parlamentar estadual pelo PSL, Gustavo Schmidt disse ter agido em "legítima defesa"

[Em meio à pandemia, deputado do RJ é detido em festa acusado de agressão a PM]
Foto : Suellen Lessa / Alerj

Por Juliana Rodrigues no dia 27 de Março de 2020 ⋅ 12:40

O deputado estadual do PSL do Rio de Janeiro, Gustavo Schmidt, foi detido acusado de agredir um policial militar em  Niterói, na madrugada de hoje (27). Ele estava em uma festa em um condomínio da região, realizada mesmo com a proibição de aglomerações por causa da pandemia do novo coronavírus.

Policiais do 12º BPM (Niterói) foram ao local após receberem denúncias de aglomerações de pessoas em uma festa na região com som alto. Quando chegaram ao local, perceberam que o parlamentar era um dos convidados da festa. Segundo reportagem da TV Globo, Schmidt teria agredido os policiais, e um deles teve o óculos quebrado pelo deputado. Na delegacia, ele também desacatou a delegada que estava de plantão.

Gustavo Schmidt negou as agressões e afirma que agiu apenas em legítima defesa. Segundo ele, a comemoração reunia menos de 20 pessoas. O deputado também falou que foi ameaçado dentro da viatura pelos PMs.

O caso foi registrado na 76ª DP (Niterói), onde o parlamentar prestou depoimento e foi liberado.

Notícias relacionadas