Brasil

Após cobranças, Weintraub afirma que Sisu foi adiado para período entre 7 e 10 de julho

Nas redes sociais os alunos reclamaram da mudança através da hashtag #CadeOSisu2

[Após cobranças, Weintraub afirma que Sisu foi adiado para período entre 7 e 10 de julho ]
Foto : Arquivo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 16 de Junho de 2020 ⋅ 22:00

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, avisou pelo Twitter na tarde de hoje (16) que as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ficarão abertas entre 7 e 10 de julho, o sistema seria aberto hoje. O ministro não explicou o motivo do atraso. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

"O edital será publicado nos próximos dias no Diário Oficial da União. Até o momento, as instituições públicas já disponibilizaram 51 mil vagas (nº pode subir). Novidade: haverá oferta em cursos a distância", informou Weintraub.

Nas redes sociais os alunos reclamaram da mudança através da hashtag #CadeOSisu2.

O processo seletivo do programa, para vagas em cursos de graduação, usa as notas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) como critério de classificação.

Notícias relacionadas