Cidade

Secretário diz que até o fim do dia desabrigados da chuva voltarão para casa

Falta de energia, alagamentos, deslizamentos de terra. A forte chuva que atingiu Salvador, na última segunda-feira (4), gerou inúmeros transtornos para a população. [Leia mais...]

[Secretário diz que até o fim do dia desabrigados da chuva voltarão para casa]
Foto : Gabriel Nascimento/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 05 de Janeiro de 2016 ⋅ 10:25

Falta de energia, alagamentos, deslizamentos de terra. A forte chuva que atingiu Salvador, na última segunda-feira (4), gerou inúmeros transtornos para a população. Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (5), o secretário municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps), Bruno Reis, falou sobre as famílias desabrigadas e comentou o trabalho realizado no auxílio às vítimas.

Segundo o secretário, a comunidade Osório Vilas Boas, próximo a Campinas de Pirajá, foi a mais afetada. "De abril do ano passado pra cá, deve ter ocorrido algum evento de corrimento de terra, acumulo de lixo, que fez com que a comunidade ficasse alagada. Ontem a noite, eu e o secretário Marcílio [Bastos], fomos lá e identificamos um espaço para eles [moradores da comunidade] ficarem alojados. Disponibilizamos colchões, travesseiros. Mandamos o lanche, o café da manhã", disse.

Bruno afirmou ainda que um cadastro está sendo realizado com o objetivo de indenizar as famílias prejudicadas. "Vamos pagar até três salários mínimos para quem teve seus pertences danificados por conta do alagamento", garantiu.

O secretário informou ainda que a Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) está realizando um estudo na região e afirmou que até o fim desta terça-feira (5), o serviço de desobstrução dos canais será concluído. "É caso de desocupação provisória. Não há risco de desabamento. A partir do momento que a gente conseguir reduzir o volume de água, eles vão poder retornar para as suas residências", completou.

 

Notícias relacionadas