Cidade

Até quando? Ar condicionado do aeroporto de Salvador volta a apresentar defeito

Como se já não bastasse a sujeira, a falta de infraestrutura e a morosidade na obra de revitalização do Aeroporto Internacional de Salvador, na tarde desta quinta-feira (7), o passageiro ainda teve que enfrentar o calor. [Leia mais...]

[Até quando? Ar condicionado do aeroporto de Salvador volta a apresentar defeito]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira no dia 07 de Janeiro de 2016 ⋅ 17:15

Como se já não bastasse a sujeira, a falta de infraestrutura e a morosidade na obra de revitalização do Aeroporto Internacional de Salvador, na tarde desta quinta-feira (7), o passageiro ainda teve que enfrentar o calor. De acordo com passageiros que entraram em contato com o Metro1, o ar condicionado do terminal de embarque do aeroporto apresentou problema, transformando o saguão em uma grande sauna. A reportagem do Metro1 apurou o fato no local e, apesar da assessoria da Infraero negar o problema, várias pessoas na sala de embarque, inclusive funcionários, atestaram a falta de funcionamento no do ar condicionado.

E essa não foi a primeira vez que o equipamento parou de funcionar, o Jornal da Metrópole denuncia, há anos, a precarização do aeroporto de Salvador. E a situação de caos já tem interferido no horário dos voos. Na última quarta-feira (6), o Metro1 teve acesso a um comunicado enviado pela companhia aérea Gol, que pede a um dos seus clientes para antecipar sua chegada para embarque no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, em pelo menos duas horas, devido às péssimas condições de infraestrutura do local.

“Em virtude de restrições na Infraestrutura do Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães/ Salvador - Bahia, pedimos que antecipe sua chegada em duas horas. Para fins de assegurarmos seu embarque dentro do horário previsto”, diz o comunicado.

Notícias relacionadas

[Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos]
Cidade

Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos

Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:00 em Cidade

Nos arquivos do Coaf consta que as movimentações financeiras de ex-motorista de Flávio Bolsonaro tiveram um volume maior do que o que foi divulgado em dezembro