Cidade

Fundado em 1981, bloco ‘Traz a Massa’ não participará do Carnaval 2016

Fundado em abril de 1981 por Aurelino Félix Nabuco, o tradicional bloco de pagode, ‘Traz a Massa’, não participará do Carnaval 2016. De acordo com nota emitida nesta segunda-feira (11), a decisão da retirada do bloco “está ligada à crise econômica na qual o país está passando, impactando diretamente nos patrocinadores e parceiros que sempre acompanharam o ‘Traz a Massa’." [Leia mais...]

[Fundado em 1981, bloco ‘Traz a Massa’ não participará do Carnaval 2016]
Foto : Junior / Divulgação 'Traz a Massa'

Por Stephanie Suerdieck no dia 11 de Janeiro de 2016 ⋅ 16:32

Fundado em abril de 1981 por Aurelino Félix Nabuco, o tradicional bloco de pagode, ‘Traz a Massa’, não participará do Carnaval 2016. De acordo com nota emitida nesta segunda-feira (11), a decisão da retirada do bloco “está ligada à crise econômica na qual o país está passando, impactando diretamente nos patrocinadores e parceiros que sempre acompanharam o ‘Traz a Massa’. Para 2017, o Bloco, que reunia cerca de 5 mil associados por dia, a cada Carnaval, prepara uma grande festa em homenagem ao seu Fundador, Aurelino Félix Nabuco”, disse a nota.

A primeira banda a puxar o bloco foi o Chiclete com Banana. O 'Traz a Massa' marcou a história do Carnaval de Salvador, com a tradição de levar para a avenida expoentes da música baiana, como É o Tchan, Netinho, Olodum, Fantasmão, Edcity, Patchanka, Psirico, Parangolé, Cia do Pagode, Pago-dart, Ilê Ayê, Bom Balanço, Beto Jamaica, Voa Dois, entre outros.

 

Notícias relacionadas